6 dicas para encontrar as melhores escolas de inglês no exterior

melhores escolas de inglês no exterior

Uma das grandes dificuldades de quem quer aperfeiçoar o idioma fora do Brasil é escolher uma entre as melhores escolas de inglês no exterior. Afinal, são muitas alternativas e, por sua vez, cada uma oferece diversas opções de cursos e propósitos.

Assim, antes de mais nada, é necessário entender quais são os seus objetivos, e só então escolher a instituição. Até porque encontrará escolas com focos diferentes, e cabe a você optar por aquele que mais tem a ver com o que precisa.

Por isso, neste post, elencamos alguns critérios para ajudar você a encontrar quais são as melhores escolas de inglês no exterior. Vamos lá?

6 critérios para escolher as melhores escolas de inglês no exterior

Está pensando em viver por algum tempo fora do Brasil para aperfeiçoar o inglês? Para você não entrar em roubada, fique atento aos pequenos detalhes que mostraremos a seguir:

Reputação da instituição

Existem algumas escolas que possuem um “nome” no mercado; geralmente, são aquelas que são conhecidas por serem as melhores escolas de inglês no exterior, terem bom atendimento, são valorizadas por seu ensino, etc.

É esse tipo de escola que você deve procurar. E não fique com receio, pois elas nem sempre são as mais caras, muitas oferecem promoções especiais, só precisa buscar com cuidado.

Para ter certeza, você pode seguir alguns passos:

  • Não hesite em perguntar a quem já foi o que achou: procure pelas pessoas que seguem ou curtem a instituição nas redes sociais;
  • Busque referências: você pode usar o site Education Stars para isso;
  • Procure também por prêmios: a Study Travel Magazine faz anualmente um concurso para escolher as melhores escolas de idiomas e de intercâmbio do mundo, e as que ganham por 5 anos entram para o Super Star Hall of Fame.

Leia mais: Cuidados antes de fazer intercâmbio para os EUA

melhores escolas de inglês no exterior
Descubra as melhores escolas de inglês no exterior

Modalidade de curso que você pretende fazer

Outra dica para encontrar os melhores cursos de inglês no exterior é buscar aquelas que ofereçam modalidades específicas para o aprendizado do idioma. Esse conselho é especialmente útil para pessoas que possuem nível superior ou para profissionais, já que é possível direcionar o objetivo. Alguns exemplos:

  • Inglês para escrita criativa e storytelling;
  • Inglês para exames de admissão em colleges, imigração ou validação, como Cael, Cambridge, Celpip, IELTs, TOEFL, TOEIC, etc;
  • Inglês para negócios, por exemplo para administradores, contadores, engenheiros, executivos, etc;
  • Inglês para profissionais de comunicação, voltado para jornalistas, marqueteiros publicitários, relações públicas, etc;
  • Inglês para profissionais da saúde, como enfermeiros, dentistas, fisioterapuetas, médicos, etc;
  • Inglês para trabalho local, por exemplo para atendimento ao consumidor, comércio, hotelaria, etc;
  • Intercâmbio cultural, como au pair, high school, intercâmbio de estudo e trabalho, intercâmbio para trabalho voluntário, etc;
  • Turismo idiomático, voltado para unir o aprendizado do inglês com outra atividade, como culinária, enologia, fotografia, moda etc.

Essas são apenas algumas modalidades procuradas, mas há muitas outras alternativas que podem ser exploradas.

Número de brasileiros no curso

Mesmo os melhores intercâmbios para estudar inglês não serão muito eficientes no seu processo de aprendizado se você ficar falando português o tempo todo, não é? Assim, uma dica é buscar escolas que não tenham tantos brasileiros.

Pode parecer uma dica estranha, mas para aprender uma outra língua, é importante tentarmos nos “desligar” do nosso idioma, e um bom jeito de fazer isso é evitar a concentração de pessoas que falem português.

É claro que é difícil evitar os grupos de brasileiros em viagem, e essa pode ser uma boa maneira de matar a saudade de casa e do país, mas isso é manter-se na zona de conforto. 

E para estudar um idioma mais a fundo, é interessante sair dessa zona, além de ajudar você a abrir a cabeça, conhecer culturas diferentes, entender outros pontos de vista e fazer novas amizades.

Leia mais: Como tirar o primeiro passaporte brasileiro?

Carga horária e duração do curso

As melhores escolas de inglês no exterior costumam ter cursos com diferentes volumes de aula. Assim, vários alunos se beneficiam, desde aqueles que desejam aprender e também querem tempo para turistar até aqueles que querem fazer um intensivo.

Além disso, você precisa decidir quanto tempo quer ficar e se a instituição oferece a duração do curso desejada. Nessa hora, uma boa ideia é fazer uma relação entre o preço da escola por semana e o quanto tempo quer ficar.

Por exemplo, se a escola que você mais gostou for um pouco mais cara, talvez valha a pena reduzir um pouco o tempo ou então optar por uma instituição um pouco mais barata, mas que te permita fazer um curso mais longo.

Características do país

Escolher entre as melhores escolas de inglês no exterior é apenas uma das decisões que você terá que fazer. Também é importante selecionar outros aspectos, como o tipo de país para o qual deseja ir.

Por exemplo, muita gente esquece de ver qual é o clima e estação do ano que enfrentará, o que pode gerar uma frustração e estragar sua experiência no exterior.

Este é o caso de quem não gosta de frio ou não se acostuma com temperaturas mais baixas, essas pessoas devem evitar destinos como o Canadá, a Irlanda ou mesmo os Estados Unidos no inverno, não se esqueça de que no Hemisfério Norte a estação mais fria vai do fim de dezembro até o final de março.

Leia mais: O que fazer em Londres?

Custo do curso e de vida na cidade escolhida

É muito importante ter em mente qual é o preço do curso que você quer fazer e também o custo de vida na cidade que escolheu, pois isso pode ser um fator que pode inviabilizar seu intercâmbio. Avalie o quanto vai gastar com os estudos para ver se realmente tem esse valor disponível.

Também analise, por exemplo, o valor da alimentação, aluguel e transporte público na cidade, pois isso também influenciará a duração da sua viagem. Muitas das instituições oferecem moradias para estudantes ou indicam casas de família como opção de hospedagem, o que pode diminuir suas despesas. Veja se a que você escolheu tem essas opções, e qual é o custo disso.

Você pode também acessar esses preços em sites que fazem comparações entre os custos de vida de milhares de cidades em todo o mundo, como o Expatistan e o Numbeo.

Estas são as 6 dicas especiais que a equipe do Intercâmbio Cultural separou para você que deseja estudar em uma das melhores escolas de inglês no exterior.Se tem interesse em fazer uma viagem fortalecer o idioma, conheça a nossa parceira Descubra o Mundo, que está entre as melhores agências de intercâmbio e é 100% online!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *